Rosemount Tank Gauging
Instalações de GNL

Terminal GNL AGA, Nynäshamn (Suécia)

Esse é o primeiro terminal de GNL da Suécia, localizado em Nynäshamn, perto da refinaria da Nynas AB.

A instalação consiste em um embarcadouro, um tanque de armazenamento de 20.000 m³, equipamento para processamento e áreas de carregamento para caminhões.

  • Um medidor por radar tipo Rosemount RTG 3960 para medição de nível primário, e alarme de nível elevado (SIL 2)
  • Um medidor servo tipo Whessoe 1143, para nível secundário
  • Um medidor Whessoe 1146 NTD (de nível, temperatura e densidade)
  • Duas unidades para comunicação de campo Rosemount tipo FCU 2160, para redundância na comunicação
  • Sensores de detecção e transmissores de temperatura para resfriamento, revestimento e vazamento
Cheniere, terminal de GNL de Sabine Pass, Lousiana (EUA) )
Essa entrega de sistema completo para cinco tanques incluía (por tanque):
  • Um medidor por radar tipo Rosemount RTG 3960 com emulação WM 660, para medição de nível secundário
  • Dois medidores servo tipo Whessoe 1143 para nível primário, e alarme Hi-Hi
  • Um Perfilador Whessoe 1146 LTD (de nível, temperatura e densidade)
  • Duas unidades para comunicação de campo Rosemount tipo FCU 2160, uma servindo três tanques e a outra servindo dois tanques
MHI (Mitsubishi Heavy Industries Co. Ltd) foi responsável pela fabricação e instrumentação dos tanques.
Terminal de recebimento do Caspian Pipeline Consortium em Taiwan
A instalação abrange três tanques GNL. A entrega completa do sistema incluiu:
  • Um medidor de nível por radar para cada tanque, tipo Rosemount RTG 3960
  • Uma unidade de comunicação de campo Rosemount, tipo FCU 2165. A solução do sistema também inclui integração de medidores capacitivos,
  • PCs e gabinete
  • Software de gerenciamento de tanque, que se comunica com um DCS
  • Um medidor NTD (nível, temperatura e densidade) por tanque
A empresa de engenharia japonesa, IHI (Ishikawajima-Harima Heavy Industries Co. Ltd), foi responsável pela fabricação e instrumentação dos tanques
Terminal de GNL Elengy Fos-Cavaou, na França

O terminal de Fos-Cavaou, no sudeste da França, conta com alguns dos maiores navios-tanque do mundo, que podem carregar 200.000 m³ de GNL. O terminal consiste em três tanques de armazenamento, cada um com capacidade de 110.000 m³. A produção anual de gás natural é de 8,25 bilhões de m³. À Emerson Process Management foi concedida a entrega completa do sistema, para os três tanques, incluindo (por tanque):

  • Dois medidores por radar tipo Rosemount RTG 3960 para medição de nível, e alarme de nível elevado
  • Um perfilador LTD (de nível, temperatura e densidade)
  • Quatro unidades de comunicação de campo Rosemount, duas das quais são modelo 2160 e as outras duas modelo 2175 para redundância, conectando os diferentes dispositivos aos três tanques. Configuração com conexão redundante ao sistema host Delta V.

Fos-Cavaou é operada pela Elengy, e é propriedade da STMFC (Société du Terminal Méthanier de Fos-Cavaou), da qual a Elengy (70,2%) e a Total (29,8%) são acionistas. A Elengy é parte do GDF Suez Group (antigo Gaz de France). Um empreendimento conjunto entre a Saipem e a empresa de engenharia Sofregaz foram responsáveis pelo projeto pronto para o uso, que compreende engenharia, aquisição e construção de terminal para três tanques de armazenamento GNL, as obras marítimas e as instalações de regasificação.

Terminal de recebimento Fluxys Zeebrugge, na Bélgica
Um tanque com a seguinte instrumentação:
  • Dois medidores a radar Rosemount RTG 3960 para nível secundário e alarme Hi-Hi
  • Uma unidade Rosemount para aquisição de dados
  • Um sensor de temperatura multiponto Rosemount, tipo NL-Cryo
  • Uma licença de software de inventário Whessoe LNG Manager
  • Um medidor Whessoe 1146 NTD (de nível, temperatura e densidade)
  • Dois medidores Whessoe 1143 para nível primário e alarme Hi-Hi
Freeport, Quintana Island, terminal de recebimento e regasificação do Texas
Dois tanques são equipados com radar para aplicações em todos os níveis. Um tanque adicional está sob construção, e terá a mesma instrumentação. O sistema inclui:
  • Três medidores a radar Rosemount RTG 3960 por tanque para níveis primário e secundário, além de um quarto dispositivo para alarme Hi-Hi
  • Quatro unidades Rosemount para aquisição de dados por tanque, duas no topo do tanque e duas na lateral
  • Dois sensores de temperatura multiponto Rosemount, tipo NL-Cryo, por tanque
  • Uma única unidade de comunicação de campo Rosemount, tipo FCU 2165, para os dois tanques.
  • Tank management software
  • Um perfilador LTD (nível, temperatura e densidade) por tanque
Zachry foi o contratante responsável pela instrumentação.
Terminal de recebimento e GNL de Golden Pass, do Texas (EUA)
O contratante principal para esse projeto, CB&I (Chicago Bridge & Iron Company N.V.), especificou que o aparelhamento para os cinco tanques seria conforme descrito a seguir:
  • Um medidor por radar Rosemount RTG 3960 por tanque, para medição de nível primário
  • Uma unidade Rosemount para aquisição de dados por tanque
  • Um sensor de temperatura multiponto Rosemount, tipo NL-Cryo, por tanque
  • Um medidor Whessoe 1146 NTD (de nível, temperatura e densidade) por tanque
  • Uma licença de software de inventário Whessoe LNG Manager
  • Um medidor Whessoe 1146 NTD (de nível, temperatura e densidade) por tanque
Terminal de GNL em Map Ta Phut, Tailândia

Propriedade da PTT LNG Company Limited e localizado a sudoeste de Bangkok na província de Rayong, esse será o primeiro terminal de recebimento de GNL da Tailândia.

A fabricação começou no final de 2007 e está agendada para conclusão no segundo trimestre de 2011, com início das operações comerciais no terceiro trimestre de 2011.

GS Enginering & Construction Korea é parte do consórcio que gerencia o projeto e a instrumentação da planta. Whessoe PCT é o integrador do sistema de gerenciamento do tanque de armazenamento de GNL.

Cada um dos dos tanques de armazenamento de 160.000 m³ (fase um) será equipado com:

  • Dois medidores a radar Rosemount RTG 3960 para medição em níveis primário e secundário
  • Um medidor a radar Rosemount RTG 3960 como dispositivo de alarme de alto nível
  • Two Rosemount Data Acquisition Units
  • Duas unidades Rosemount DAU para aquisição de dados.
  • Dois sensores de temperatura multiponto (versão criogênica)

A solução redundante de sistema de medição para tanque também inclui duas unidades para comunicação de campo redundante Rosemount FCU 2160, e um sistema redundante LNG Manager para gerenciamento de inventário, da Whessoe PCT.

Projeto GNL Pluto, na Austrália ocidental

O projeto de GLN Pluto é provavelmente o projeto GLN mais rápido já desenvolvido, desde a descoberta da jazida de gás em 2005 até a produção da primeira leva de gás no final de 2010.

O projeto Pluto é um empreendimento conjunto entre Woodside (90%), que também é o operador, Tokyo Gas (5%) e Kansai Electric (5%). CB&I é o contratante.

O sistema de medição para tanques consiste em equipamento para cinco tanques (dois tanques de GNL e três tanques de condensado), e inclui:

  • Um medidor de nível por radar para cada tanque de GNL, tipo Rosemount RTG 3960, para alarme de nível Hi-Hi
  • Um medidor de nível por radar tipo Rosemount RTG 3950 por tanque de condensado
  • Uma unidade de comunicação de campo, tipo FCU 2160

Whessoe Process Control é o integrador do sistema, e está fornecendo software de gerenciamento para inventário GNL, medidores servo tipo 1143 e medidores de nível, temperatura e densidade tipo 1146.

O gás será processado após extração das jazidas Pluto e Xena, localizadas na Bacia Carnarvon, cerca de 190 km a noroeste de Karratha, na Austrália ocidental. Estima-se que a jazida de gás Pluto contenha um volume total de gás seco de aprox. 124 bilhões de metros cúbicos. A jazida menor, de nome Xena, contém mais aproximadamente 17 bilhões de metros cúbicos adicionais.

A fabricação dos tanques de armazenamento e da infraestrutura offshore e onshore estão em andamento.

Projeto Qatargas II

O projeto inclui uma entrega completa de sistema para cinco tanques.

  • Cada tanque é equipado com três medidores a radar tipo Rosemount RTG 3960, montados em tubos acalmadores. Um medidor é usado como dispositivo em nível primário, outro é usado em nível secundário e o terceiro para detecção de alarme Hi-Hi e Lo-Lo. Nesse projeto, radar é a tecnologia preferida para todas as três medidas independentes
  • Cada tanque tem dois medidores NTD (de nível, temperatura e densidade)
  • Cada tanque tem um PC dedicado com o inventário GNL e software de gerenciamento na sala de controle. Os dados do tanque também são alimentados em um sistema de computador anfitrião Delta V
O Qatargas II engloba alguns dos maiores tanques de armazenamento GNL da Prestress Concrete do mundo, com 50 m de altura e capacidade total de 140.000 m3 cada.

Estima-se que o primeiro tanque esteja em operação desde o começo de 2008, com os próximos passando a funcionar após intervalos de um mês. IHI (Ishikawajima-Harima Heavy Industries Co. Ltd), uma empresa japonesa líder em engenharia, é responsável, no projeto, pela fabricação do tanque e sua instrumentação. O projeto Qatargas II divide-se entre Qatar Petroleum (65%), ExxonMobil (18,3%) e Total (16,7%). O projeto fornece dois trens de liquefação adicionais muito grandes na instalação para gás natural da cidade industrial de Ras Laffan, no Qatar. Cada novo trem é capaz de processar 5,3 mtpa em excesso de gás natural para exportação por navios-tanque GNL.

Trunkline GNL Co, terminal de Lake Charles em Lousiana (EUA)

A entrega inclui equipamento para um tanque, com 46 m de altura e diâmetro de 30 m:

  • Um Rosemount RTG 3960 para medição em nível secundário. As saídas de relé no medidor de nível a radar são utilizados para desligamento de bomba e válvula
  • Um medidor NTD para nível primário, combinado com medição de nível, temperatura e densidade.
A solução de sistema inclui integração ao DCS pela interface RS485. A CB&I (Chicago Bridge & Iron Company N.V.) era o contratante, também responsável pela construção do tanque.
Instalação de GNL da Xing Xing Energy em Erdos, na China

A instalação para GNL, de 200.000 toneladas anuais, localiza-se em Erdos, no interior da Mongólia, na China. A operação começou em 30 de novembro de 2008, e chegou à sua capacidade máxima apenas dez dias depois. Ela consiste em uma instalação para liquefação e um tanque de armazenamento de 10.000 m³. O tanque de armazenamento é equipado com um Rosemount RTG 3960 para alarme de nível alto (HLA). A Chemtex era a contratante, responsável por criação e gerenciamento de projetos.

Instalações de GNL japonesas

Os medidores a radar Rosemount RTG 3960 foram utilizados por mais de dez anos para medir nível em diversos terminais de importação de GNL no Japão. O equipamento Rosemount para medição em tanques foi entregue a:

  • Terminal Ohgishima (Tokyo Gas Co. Ltd.): três tanques subterrâneos, com 60 m de altura e capacidade de 200.000 m³
  • Chita Midorihama Works (Toho Gas Co. Ltd.): um tanque semissubterrâneo, com 65 m de altura e capacidade de 200.000 m³
  • Himeji LNG Terminal (Osaka Gas Co. Ltd. e Kansai Electric Power Co. Ltd): um tanque cilíndrico sobre o solo, com capacidade de 180.000 m³
  • Terminal de GNL Sakai (The Kansai Electric Power Co. Inc.): três tanques cilíndricos sobre o solo, com capacidade de 140.000 m³
  • Terminal de GNL Kagoshima (Nippon Gas Co. Ltd): um tanque cilíndrico sobre o solo, com capacidade de 50.000 m³
  • Terminal de GNL Sakaide (Shikoku Electric Power, Shikoku Gas, e Cosmo Oil): um tanque cilíndrico sobre o solo, com capacidade de 180.000 m³
Imprimir  |  Fechar